Informamos aos clientes que foi implantado em toda a jurisdição do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região (TRT2 – Capital de São Paulo) o Sistema de Controle de Depósitos Judiciais (SISCONDJ) para as funções de emissão de boleto para pagamento e gerenciamento dos depósitos.

A medida foi tomada visando conferir mais celeridade aos trâmites processuais e melhorias nos fluxos de trabalho. Com isso, o levantamento dos valores passa a ser realizado via transferência bancária eletrônica, diretamente para a conta dos advogados ou para as partes.

O novo sistema envolve apenas pagamentos junto ao Banco do Brasil. Não abrange, contudo, os alvarás junto ao banco Caixa Econômica Federal e os depósitos feitos em contas vinculadas ao FGTS.

Os advogados deverão informar seus dados bancários nos autos, pois o levantamento dos valores ocorre por meio de transferência bancária eletrônica, diretamente para a conta dos causídicos ou das partes.